Mousse de Maracujá

É irónico que este post será o primeiro post realmente sério porque também será o último. É com alguma pena, mas com plena confiança, que, comparticipado pelo pteles, anuncio o fim de uma era, de um período de tempo e de um símbolo que é o Prego na Parede. Peço desculpa de utilizar termos tão exagerados, mas para nós o Prego na Parede foi mais que um blog e significou muito, mas também sabemos quando as coisas devem acabar e é assim que encerramos esta época.

As razões pelas quais o fazemos foram bem pensadas. Sentimos que o blog representa uma parte das nossas vidas que, embora tenha sido muito positiva e agradável está acabar, consequência do tempo. Por isso sentimos que devemos deixar este blog carregar esta marca e este símbolo para sempre.

Pedimos desculpa por ultimamente termos estado bastante ausentes, algo que foi crescendo com o tempo graças à mudança que acima referi. Sinto-me por isso na obrigação de partilhar algumas coisas com os leitores que de alguma maneira nos acompanharam.

Antes de mais quero (e eu sei que isto é bastante cliché) agradecer a todos aqueles que dedicaram nem que seja um segundo para assistirem às parvoíces que fomos escrevendo. É com esses que quero partilhar só um pouco de estatística que resuma o Prego:

O Prego na Parede estendeu-se por 2 anos e 2 meses, tendo começado a 28 de Junho de 2010 e terminado hoje, 15 de Agosto de 2012. Durante esse tempo escreveram-se 140 posts, comentados 179 vezes para um total de 7,002 visitas. Tivemos posts vistos em bastantes partes do mundo e posts escritos em pelo menos 2 continentes diferentes. O dia com mais visitas foi 23 de Agosto de 2010, com 166 visitas.

Finalmente, quero só fechar com um comentário sobre o blog. Acho honestamente que o Prego foi um bom blog e apesar de posts maus e outros menos trabalhados conseguimos ter um pequeno arsenal de posts que valem a pena ler e que acho que têm bastante valor. Não tínhamos nenhum objetivo concreto quando começámos, mas nunca pensámos que íamos chegar a este ponto, onde 2 anos depois nos despedimos assim. De tudo o que produzimos, gostava também de dizer que o melhor post na minha opinião foi este: O post das explicações (fictícias) sobre como a mãe ovelha troca a sua cria por um ipod touch. E ele representa muito bem o que foi o blog, porque este post fala de um dia que eu me lembro muito bem e que foi um dia muito agradável que eu espero recordar para sempre.

Termino assim a minha participação neste blog com um título que não podia representar melhor a aleatoriedade dele e acho que não podia acabar com uma frase que não: O nódoa é ancel!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s