Saudade e assim…

Sei que tinha dito que ia uma semana para Alcafozes e vou cumprir a minha palavra. Porém decidi fazer um último post antes de me ir embora. Já ouço os suspiros dos leitores <<Mais um? Mas este gajo nunca mais se cala?>>, mas peço que sejam pacientes comigo pois não me vão ver durante uma semana (na verdade nunca me vêem, pois eu nunca estou aí… eu sei… devo esforçar-me mais).

Na verdade escrevo este post por várias razões, que como sempre, deixo ao vosso critério descobri-las no decorrer do meu discurso.

O que se passa é que o blog faz um ano (Yay!). Minto… o blog faz um ano e 22 dias, mas eu e o pteles esquecemo-nos do nosso próprio aniversário, o que provavelmente levará a uma discussão sobre prioridades e a eu dormir no sofá. Mas pondo de parte o terrível humor do pteles quanto a aniversários e a sua crueldade constante contra mim, nós fazemos anos.

Antes de começarem a desligar os computadores e a apagarem o blog dos vossos históricos, digo-vos já que não precisam de nos dar presentes (embora não vos ficasse mal!). O vosso presente é virem cá todos os dias (muitas vezes ás 5 da manhã, quando não vêem o ecrã muito bem, daí pararem aqui). Aposto que depois desta última frase o publico feminino deve estar a dizer: “Ohhhhh, tão querido.” e o público masculino: “Hey! Isto não é o Youtube! Enganei-me no site…”.

Fora as brincadeiras anceis que constantemente pratico, foi um ano com muitos posts (93 para ser preciso, e não, não os contei à mão, o blog faz isso por nós. Deve ser a única coisa útil que faz), muitos fraquinhos, outros fraquíssimos e ainda outros fracotes, mas no geral até foi um ano mais ou menos.

Assim, em nome de toda a comitiva do Prego na Parede (eu… e o pteles, embora ache que ele não está de acordo comigo, visto que me esqueci do nosso aniversário) quero agradecer-vos por nos ajudarem a tornar a Internet menos apetecível para os jovens. Pode ser que assim voltem a jogar à bola e à macaca.

Finalmente basta-me explicar o nome ancel do post. Andei a ver alguns posts antigos e verifiquei que ao longo do tempo as nossas “piadas” sobre o Nódoa diminuiram muito. Assim, venho desde já prometer que o Nódoa voltará em grande, com mais nódoas negras, com mais traumatismos e com mais olhos negros. VIVA O ANCEL!

Até para a semana (pode ser que passe por cá um dia em Alcafozes).

(Música para acompanhar o post: http://www.youtube.com/watch?v=sP7I9Z3c-jI)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s