Tempo

Depois de estarmos constantemente a ficar meses sem dizer nada e depois a voltar com cara de gatinho querido pedir desculpa pela nossa ausência, acho indecente não haver um post sobre tempo. Também, gosto de postar de vez em quando sobre coisas que não sou ou não tenho (Como por exemplo o post anterior). Aproveito aqui para sugerir ao pteles um post sobre cérebros.

Bom, antes de iniciar o habitual debate com o vazio que posteriormente os meus astutos leitores têm o prazer de criticar e escarnecer, tenho um pequeno aparte. Se remeterem para o post anterior e virem a secção de comentários, poderão reparar num que me corrige pela incorrecta dactilografização do vocábulo “quartzito” (que eu tinha escrito com um “e”, porém já modifiquei). Porém, quero avisar aos nossos leitores que o acordo ortográfico utilizado por este blog corresponde à edissão de 1912 do “Acordo Ortográfico de Geólogos” em vigor até 1913 em certas zonas do Brasil suburbano, onde “quartzito” se escreve “quartezito”. Porém, para não ferir susceptibilidades, alterei o vocábulo para a grafia portuguesa. Contudo agradeço à nossa fã número 1, a tia do pteles, por tal correcção e agradecia que todos o tomassem o exemplo desta cidadã exemplar.

Pois! Tenho de falar de tempo. Porém como estou com falta dele irei apenas fazer uma brevíssima referência a este grandioso ser(que não é um ser). Podia vos falar do tempo como definido sobre a concepção relativista inspirada nos textos de Einstein… Porém, como sei que alguns leitores possuem armas em casa, nomeadamente daquele tipo que tem tendência a… vá lá… aleijar, vou me conter quanto a essa parte.

Resumidamente, o tempo… passa depressa. Parece que ainda ontem comecei a escrever este post e já estou a terminar (piada cliché só para animar aqui o fim do post)… O leitor deve-se aperceber disso tão bem quanto eu e reflecte por vezes sobre a passagem do tempo e as suas implicações mundiais que nos fazem sentir insignificantes. Ou então não. Em vez disso está a jogar “Angry Birds”.

3 thoughts on “Tempo

  1. Es mesmo coxo. Mesmo com o computador relativamente debilitado (nao consigo por acentos), tive de te corrigir uns 5 erros. Isso corresponde a cerca de 0,2 erros por linha.

    COXO!

  2. O comentário a cima é meu. Não tem a minha marca habitual porque eu não estava conectado. As minhas sinceras desculpas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s