As 1001 maneiras de bater no nódoa – maneiras 0 a 2

Bom este novo post é o início  de uma série de posts, onde vos ensinamos a bater no nódoa. Avisamos já que não é segura experimentar estas práticas pois está cientificamente provado que miolos do nódoa provocam nódoas ilaváveis.

Maneira 0:

Material: Nada.

Prática: Esta é a maneira universal. É obrigatória e requer pouca experiência. É fácil: virar-se para o nódoa e atentar uma abordagem com o membro inferior posterior sobre a zona central do nódoa. Em poucas palavras um pontapé nas virilhas.

Maneira 1:

Material: Berbequim; Broca; Parafuso grande;

Prática: Colocar a broca no berbequim e aplicar o parafuso. Abordar o nódoa. Erguer a montagem. Aplicar um pontapé nas virilhas.

Maneira 2:

Material: Pau; 1 Litro de Ácido;

Prática: Molhar o pau no ácido de modo a criar uma ponta espigosa. Abordar o nódoa. Erguer o pau utilizando a técnica de Hans Talhoffer. Aplicar um pontapé nas virilhas.

Regards…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s